NOTÍCIAS

Buscar

No próximo dia 7, a partir das 17h, a Folha e a Fundação Schwab realizam o webinário “Boas Práticas em Resposta à Covid-19” e a cerimônia virtual de premiação dos finalistas das três categorias desta edição especial: Ajuda Humanitária, Mitigação dos Impactos e Legado Pós-Pandemia.

O evento dará visibilidade a diversas ações que representam a força do empreendedorismo social para mitigar os efeitos de uma crise social, sanitária e econômica sem precedentes no país.


Vamos juntos participar desta edição histórica do Prêmio Empreendedor Social 2020. O evento será online com transmissão ao vivo pelo site da Folha.



3 visualizaçõesEscreva um comentário
  • redação CIVI-CO

Atualizado: Out 28

A disseminação de notícias falsas, ou fake news, representa um risco à democracia, principalmente no período eleitoral. Informações mal intencionadas com, por exemplo, o intuito de manipular a opinião pública, propiciam a polarização política, o que coloca em risco um dos elementos cruciais para que exista democracia: o diálogo.

Para ajudar a diminuir o compartilhamento de notícias falsas, a IFCN (Rede Internacional de Checagem de Fatos, da sigla em inglês) em parceria com Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio), disponibilizou um recurso de checagem de informação que pode ser habilitado diretamente no whatsapp.

Deste modo, fica mais fácil para verificar se aquela “notícia” que chegou no grupo da família, ou do trabalho, é falsa ou verdadeira.

Veja no passo a passo de como habilitar a ferramenta ou clique aqui e vá direto para a conversa com o chatbot:

  • Grave o número +1 (727) 291 2606 na agenda do celular. Este é o contato do chatbot;

  • Depois, inicie uma conversa mandando um “oi” para o contato do robô. Ele responderá prontamente;

  • Contato feito, o robô vai explicar como realizar a busca, que pode ser feita a partir de uma simples palavra-chave ou de perguntas;

  • Digite o termo ou frase que deseja verificar. Em um instante você receberá o resultado dizendo se a informação é falsa ou verdadeira.

Curtiu essa informação? Então, aproveita e a compartilhe com seus amigos e grupos no whatsapp!


10 visualizaçõesEscreva um comentário

Como cidadãos, é nosso dever ouvirmos e analisarmos com atenção as propostas realizadas pelos candidatos a cargos públicos. No entanto, infelizmente, alguns candidatos manipulam informações para desinformar a população durante o processo eleitoral. Saiba quais podem ser as principais artimanhas usadas este ano e esteja atento para não cair em nenhuma delas:



  • Ataques ao processo eleitoral: sempre desconfie de questionamentos infundados ao processo eleitoral e de alegações sem prova de fraude nas urnas eletrônicas.

  • Uso da covid-19: a desinformação envolvendo o coronavírus é um prato cheio para as notícias falsas. Observe se o seu candidato está politizando a pandemia.

  • Imagens fora de contexto: atenção ao uso de fotografias antigas, fora de contexto, ou até manipuladas digitalmente, para manchar a imagem do oponente.

  • Conspiração em vídeos: Vídeos são mais difíceis de checar, já que surgem cada vez mais ferramentas para manipular este tipo de material. Se você não sabe se o vídeo é verídico, não compartilhe.

  • Áudios mentirosos: áudio no whatsapp não é sinônimo de notícia. Os áudios possibilitam o uso de um artifício muito poderoso: a citação a uma pessoa de confiança, que pode ser um parente ou alguém influente, que provavelmente não sabe que está sendo citado para fortalecer uma mentira.

  • Ódio à imprensa: para aqueles que querem desinformar a população, uma das estratégias é o ataque e a incitação ao ódio à imprensa profissional.


Curtiu? Então, compartilhe este texto para que mais pessoas tenham acesso a essas informações.

28 visualizaçõesEscreva um comentário

NEWSLETTER civi-co

  • Facebook
  • Instagram
civi-co_branco_1.png