• redação CIVI-CO

Ajude os voluntários a retirar o óleo que chegou na região dos Abrolhos

Muitos moradores das cidades do extremo sul da Bahia estão voluntariamente mobilizados para retirar o óleo que está chegando na região dos Abrolhos, desde o dia 28 de outubro.


As manchas de óleo já atingiram as praias da Reserva Extrativista de Canavieiras e as praias de Belmonte e Santa Cruz de Cabrália. Só no dia 29, mais de 600kg de óleo foram retirados pelos pescadores da região.


Apesar da boa vontade e grande dedicação de inúmeros voluntários, não podemos esquecer que o óleo é tóxico e perigoso, por isso a necessidade de equipamentos de segurança é fundamental.


E foi para ajudar na aquisição desses equipamentos de segurança dos voluntários que estão mobilizados para retirar o óleo que está chegando na região dos Abrolhos que surgiu a campanha #AbrolhosSemÓleo.


A campanha foi criada pela Conexão Abrolhos, uma coalisão formada por Rare Brasil, residente CIVI-CO, CI-Brasil, a SOS Mata Atlântica e o WWF-Brasil, Oceana- Brasil e rede de Mulheres pelos Oceanos. Este grupo de organizações tem trabalhado de forma colaborativa para alavancar a iniciativa de conservação pelo litoral brasileiro.


Clique aqui para doar e colaborar com a campanha #AbrolhosSemÓleo ao garantir:


1) Aquisição de 250 kits de proteção individual para a retirada de óleo - cada kit inclui luvas e máscaras apropriadas, botas de borracha, pás, ciscadores, espátulas, baldes e sacos apropriados, entre outros itens;

 

2) 10 dias de operação com embarcação rápida para monitoramento diário dos recifes de corais em pontos críticos - o custo da operação inclui diária da embarcação, combustível e alimentação da equipe voluntários;

 

3) 10 dias de operação com oito embarcações com redes de pesca para retirada do óleo em alto mar - o custo da operação inclui diárias de embarcações, kits de proteção individual para os pescadores e a reposição de redes de pesca que capturarem óleo (em contato com o óleo tóxico, as redes não poderão mais ser usadas para a pesca).


Faça a sua parte e ajude a mudar a história do maior desastre ambiental na costa brasileira!

72 visualizações
civi-co_branco_1.png