• redação CIVI-CO

CIVI-CO “embarca” com Família Schurmann em expedição para combater a poluição marinha

A Família Schurmann foi o grande destaque no segundo encontro da 9ª Mostra Sp de Fotografia no CIVI-CO. No evento realizado no dia 10/07, o casal Heloísa e Vilfrido anunciou, ao lado do filho David, a mais nova expedição da família: A Voz dos Oceanos.



A expedição, que durará 18 meses, faz parte da campanha global Mares Limpos e é apoiada pela ONU Meio Ambiente. O veleiro da Família Schurmann funcionará também como uma plataforma de pesquisa e irá registrar e documentar tudo o que os velejadores encontrarem nos oceanos e em partes remotas do planeta.



O objetivo é documentar, especificamente, o efeito do plástico nos mares, com o intuito de identificar possíveis soluções para a poluição marinha, mobilizando o poder público, a iniciativa privada e engajando indivíduos na missão de libertar os oceanos dos plásticos.

Durante o bate-papo, mediado por Paulina Chamorro, do blog EcoSurf, Vilfredo e Heloísa falaram sobre o aumento da poluição nos oceanos ao longo de uma vivência de mais de três décadas velejando pelo mar.




David, cineasta premiado no Brasil e no exterior e CEO das empresas da Família Schurmann, destacou o poder do conteúdo audiovisual, da mídia, e de influenciadores para conscientizar as pessoas para uma mudança de hábitos e engajamento em ações que ajudem a preservar o meio ambiente, como a redução de resíduos e reciclagem.

“Na busca por uma solução, a gente procurou parceiros pelo mundo, como o CIVI-CO. Aqui estão concentradas empresas, startups, pessoas que já querem impactar e achar soluções de uma forma pragmática.”

Em suas expedições, a família sempre coletou lixo plástico nas praias e ilhas por onde passava. Segundo Vilfrido, algumas regiões são desabitadas mas, ainda assim, recebem o lixo que é levado pelo mar, provenientes de vários países. Essa situação está se agravando notadamente com o passar dos anos, desde que os Schurmann começaram a velejar em 1984. Em busca de um sonho pessoal, eles foram rimeiros

Primeiros brasileiros a dar a volta ao mundo de veleiro, os Schurmanns já cruzaram os 3 oceanos e 7 continentes do planeta em suas aventuras pelos mares que começaram em 1984, quando deixaram a segurança da vida em terra firme em busca de um sonho vivido em família.



Vilfredo chamou a atenção para a quantidade de lixo plástico descartada de forma irresponsável no planeta. Das 14 milhões de toneladas de lixo, 11 milhões são de lixo plástico. O velejador lembrou da importância da conscientização de cada indivíduo na mudança desse cenário de destruição da vida nos oceanos. Para ele, cada atitude importa, mesmo as pequenas, como optar por não não usar mais canudos de plástico.

Para Heloísa, a principal função da família é a de contar histórias e relatar o que a humanidade, numa dinâmica de consumo e descarte irresponsável do plástico, está causando à natureza. A velejadora também falou sobre a importância de pensar construtivamente a partir do problema, porque não basta apenas apontar os erros que já cometemos. É preciso se unir a quem quer resolver e engajar cada vez mais pessoas na busca por uma solução.

48 visualizações
civi-co_branco_1.png