• redação CIVI-CO

Entenda os Direitos Humanos e ODS



Há 73 anos, o mundo estava se reconstruindo das Grandes Guerras e o clima de instabilidade e medo faziam parte do cotidiano global. Para evitar que os crimes humanitários se repetissem, a Assembleia Geral das Nações Unidas instituiu a Declaração Universal dos Direitos Humanos em 10 de dezembro de 1948.

A Declaração Universal marcou a primeira ocasião em que os países chegaram a um acordo abrangente sobre os direitos humanos inalienáveis.Três anos depois, em 1950, a data 10 de dezembro foi reconhecida como o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

O texto da declaração reconhece que "a dignidade é inerente à pessoa humana e é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo". Além disso, ele declara que os Direitos Humanos são universais independentemente de cor, raça, credo, orientação política, sexual ou religiosa.

De olho no futuro

Em 2015, a ONU propôs aos países membros uma nova agenda de desenvolvimento sustentável para os próximos 15 anos, a Agenda 2030, composta pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esse é um esforço conjunto de países, empresas, instituições e sociedade civil.

Os ODS são soluções para assegurar os direitos humanos, como, por exemplo: acabar com a pobreza, lutar contra a desigualdade e a injustiça, alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas, agir contra as mudanças climáticas, bem como enfrentar outros dos maiores desafios de nossos tempos.

O setor privado tem um papel essencial nesse processo como grande detentor do poder econômico, propulsor de inovações e tecnologias, influenciador e engajador dos mais diversos públicos – governos, fornecedores, colaboradores e consumidores.

Confira todos os ODS:

  1. Erradicação da Pobreza

  2. Fome Zero

  3. Saúde e Bem Estar

  4. Educação de Qualidade

  5. Igualdade de Gênero

  6. Água Potável e Saneamento

  7. Energia Limpa e Acessível

  8. Trabalho Decente e Crescimento Econômico

  9. Indústria, Inovação e Infraestrutura

  10. Redução das Desigualdades

  11. Cidades e Comunidades Sustentáveis

  12. Consumo e Produção Responsáveis

  13. Ação Contra a Mudança Global do Clima

  14. Vida na Água

  15. Vida Terrestre

  16. Paz, Justiça e Instituições Eficazes

  17. Parcerias e Meios de Implementação


Fonte: ONU


Fazendo a nossa parte


Para se tornar este hub de impacto e inovação, o CIVI-CO utiliza os princípios e valores da Agenda 2030 como balizadores de suas ações, para fomentar o empreendedorismo cívico socioambiental e gerar conhecimento para engajar a sociedade civil, o poder público e a iniciativa privada.


Dentro da nossa Comunidade existem membros que atuam diretamente nos 17 objetivos. Negócios de impacto buscam soluções sustentáveis para diminuir as desigualdades e reduzir os prejuízos ambientais. Este espaço colaborativo é uma grande incubadora de novas ideias, um ambiente que possibilita trocas e favorece a dinâmica na busca por soluções .


Seja produzindo bolsas com propósitos socioambientais (Tereza Vale A Pena) ou até mesmo fazendo pesquisas e coletando dados sobre a cannabis medicinal (The Green Hub), entre outras atividades que acontecem aqui, toda a Comunidade CIVI-CO se mobiliza em prol de um propósito.


Assegurar esses direitos humanos também faz parte do nosso compromisso com a sociedade. Assumir o papel de aliado nesta luta significa nos dispor a “fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”, norteados pelo ODS 17.


47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo