• redação CIVI-CO

Home office ou escritório: onde você quer trabalhar em 2021?

O trabalho remoto, que antes era um sonho quase impossível para muitos trabalhadores ou inviável para muitas empresas, tornou-se, de modo forçado e às pressas, uma realidade em 2020. De acordo com a pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19, feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA), o home office foi adotado por cerca de 46% das empresas brasileiras após o início do isolamento social, em abril do ano passado.

No entanto, migrar do escritório para o home office não foi fácil. A falta de planejamento fez com os trabalhadores fossem se adaptando à nova realidade de inúmeras videoconferências, aumento de volume de mensagens, conciliação de tarefas domésticas e cuidado com os filhos… à base de experimentação, acertos, erros e muitos ajustes na comunicação entre equipes.

Uma pesquisa realizada pela KPMG no Brasil comprovou que alguns meses após a mudança, do ponto de vista do empresário, dono do negócio, nos adaptamos ao trabalho remoto. Para 45% dos respondentes, a produtividade se manteve durante a pandemia. Para outros 24%, seus funcionários foram até 20% mais produtivos. Foram ouvidos quase 600 donos de empresas de diversos segmentos, em todas as regiões do País, durante os meses de agosto e setembro.


Mas, como diz Karl Marx, “o homem é por natureza um animal social”. Por isso, a falta de interação com os colegas de trabalho e a impossibilidade de sair de casa, impostas pela pandemia, levou muita gente a ter saudade do escritório.

Em dezembro de 2020, o MIT Technology Review publicou uma edição especial sobre home-office, que revelou que quando o assunto é a retomada das atividades nos escritórios, apenas 6,5% dos entrevistados dizem não querer mais home office nenhum dia, enquanto 93,5% querem manter pelo menos um dia desse formato.


Ou seja, trabalhar em casa pode ser bom, mas boa parte das pessoas tem necessidade de frequentar o escritório. A solução seria optar pelo modelo híbrido de trabalho, que mistura o trabalho remoto às atividades presenciais na empresa ao longo de um período. Na prática, seria como intercalar um ou dois dias em casa com outros três ou quatro no escritório.

Aqui no CIVI-CO, devido ao aumento da aderência ao trabalho híbrido, criamos um plano específico para atender às necessidades de nossos residentes que têm optado por esta modalidade. Se o seu negócio está em fase de transição para o modelo híbrido de trabalho, entre em contato com a gente para saber mais sobre os nossos novos planos. É só mandar e-mail para contato@civi-co.net .

16 visualizações0 comentário
civi-co_branco_1.png