• redação CIVI-CO

Manifesto CIVI-CO

Atualizado: Jun 18

Estamos vivendo uma transição, na qual muitos modelos de sociedade já não se sustentam mais. Precisa emergir um novo estilo de vida que leve a um mundo mais justo, inclusivo e solidário. O CIVI-CO nasceu para reunir iniciativas transformadoras e fomentar essa inovação socioambiental de forma coletiva. E por ter este propósito que entendemos que é hora de deixarmos oficialmente de ser um coworking para nos posicionarmos como uma Comunidade. Essa é a Neo Fundação do CIVI-CO, um momento de reafirmar os nossos valores e nossa missão como espaço. Veja no Manifesto abaixo:




"Num período cultural em que a solidariedade fundada no sentido da fraternidade parece quase perdida, o presente MANIFESTO afirma o valor da fraternidade solidária como balizador necessário a uma realidade de justiça social almejada.

Um coletivo e seus entes, entregues a si mesmos, abandonados ao curso natural de sua condição, não tenderão à fraternidade e à solidariedade, mas ao fratricídio, à hostilidade e à violência. Referências históricas e culturais narram o assassinato de Abel, motivado pela inveja de Caim. Ainda, a sucessão de reinados e impérios na Idade Média corroboram com esta narrativa de violência que encontra respaldo em registros mais contemporâneos e nos dias atuais.

A narrativa histórico-cultural judaico-cristã da condição humana justifica a necessidade de espaços e comunidades de exercício e desenvolvimento tanto da espiritualidade como da vida cívica para promover a integridade pessoal e profissional, fomentando pessoas e organizações íntegras no “ser” e no “fazer.”

O presente manifesto declara o compromisso do CIVI-CO em ser uma comunidade criativa de “fazedores” que buscam o exercício extenuante da integridade, da solidariedade, da cooperação, da generosidade, da humildade e da diversidade num “espaço” físico e digital, onde valores e virtudes sejam semeadura e adubação na elaboração de respostas inteligentes às dores da sociedade.

O CIVI-CO, enquanto comunidade, deve estimular a empatia, praticar a humildade, inspirar a solidariedade, interpelar para a generosidade e mobilizar para a prática da justiça social norteada pela misericórdia.

O CIVI-CO, e não apenas ele, é uma força de chamamento ao ser humano para que se volte à sua identidade mais profunda, e resista à sua propensão natural ao ganho individual e imediato, à apropriação predatória do mundo natural, ao lucro pelo lucro, ao acúmulo ilimitado e injusto, à indiferença, ao egoísmo e à atitude de constante competição e hostilidade social e econômica.

O CIVI-CO, neste MANIFESTO, afirma sua intenção de ser parte na construção de um ecossistema comunitário de integração equilibrada de polaridades, admitindo os contraditórios - e até mesmo os desejando -, no limite da preservação dos seus propósitos, sendo, assim, terreno fértil para desenvolvimento do empreendedorismo cívico-social.

O CIVI-CO traz à existência uma cultura de um lugar para ser e não só um lugar para estar.

O CIVI-CO nasce na crença de que em todo ser humano mora a memória da comunhão com o Criador, memória essa que pode ser despertada, sensibilizada e inspirada para que se manifeste e se expresse na criação de coisas e soluções boas, úteis e belas.

Em vários momentos da gestão do CIVI-CO a fraternidade solidária não cumpriu com sua fundamental prioridade de ser norteadora desta comunidade de líderes, empreendedores de impacto cívico, social e ambiental. Portanto, este MANIFESTO vem fazer uma correção de rota e um resgate do plano original, marcando sua NEO FUNDAÇÃO."

300 visualizações
civi-co_branco_1.png